Dúvida do internauta: Contratei um financiamento de 88 mil reais para pagar meu imóvel. Meu saldo devedor é de 74,6 mil reais e pago juros de 4,5% ao ano. Tenho 20 mil reais, que posso usar para amortizar as 100 parcelas finais doempréstimo e diminuir o tempo da dívida de 300 para 246 meses. Outra opção é usar o dinheiro para reduzir o valor das prestações de 594 reais para 435 reais. Qual é a melhor opção?

Resposta de Ronaldo Gotlib*

A melhor opção em casos como este é sempre amortizar o saldo devedor, que é a verdadeira dívida do mutuário. Ao reduzir o tempo de pagamento, você paga menos juros.

Diminuir prestações representa um alívio momentâneo, que não justifica o investimento de reservas como o saldo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), que pode ser utilizado para amortizar o valor da dívida.

A exceção é no caso de o valor da parcela ameaçar a capacidade de pagamento da dívida. Esse tipo de amortização tem a finalidade exclusiva de oferecer maior fôlego financeiro para quem deve. 

Veja no vídeo a seguir se os juros do empréstimo podem crescer ao longo do tempo: 

*Ronaldo Gotlib é consultor financeiro e advogado especializado nas áreas de Direito do Consumidor e Direito do Devedor. Autor dos livros “Dívidas? Tô Fora! – Um Guia para você sair do sufoco”, “Testamento – Como, onde, como e por que fazer”, “Casa Própria ou Causa Própria – A verdade sobre financiamentos habitacionais”, “Guia Jurídico do Mutuário e do candidato a Mutuário”, além de ser responsável pela elaboração do Estatuto de Proteção ao Devedor e ministrar palestras sobre educação financeira.